× Fale Conosco

Solicite um orçamento sem compromisso!

Enviar via
Ou ligue para (41) 3677-1383
Se preferir, ligue para nós! Ligar agora!
Clique aqui para falar conosco!
×
× Envie-nos um E-mail




Divórcio após os 60 anos: fim ou recomeço?

Uma das questões mais complexas para as pessoas mais velhas é a de enfrentar um divórcio após os 60 anos de idade. Afinal de contas, como reiniciar a vida, em um período que, para muitos, é visto como o início do fim? Mas este recomeço já não é mais visto como tabu: os números de pessoas solteiras após os 60 vem aumentando.

Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), na década passada houve um aumento considerável de pessoas idosas divorciadas. De 2003 a 2006, o índice de homens que pediram o divórcio aumentou 27,8% (um crescimento de 9.949 para 12.719 casos).

Já para as mulheres, os dados computaram um índice de aumento um pouco maior: 29,3%. No mesmo espaço de tempo, ocorreu um aumento de 5.805, para 7.506 casos.

Uma maior expectativa de vida, aliada a mudanças comportamentais sem prazo de validade, são os fatores principais para o crescimento de separações. O modelo de submissão imposto às mulheres em outras décadas está caindo em desuso, o que as leva a revisarem todos os pontos de vista conhecidos desde então.

Fora essa questão da emancipação feminina, o sentimento de libertação é outro fator a ser levado em conta para ambos os sexos. A possibilidade de novas experiências e relacionamentos tiram os idosos do “lugar comum”, o que desperta a busca por novas sensações e caminhos, que já não são possíveis dentro de um casamento desgastado.

Muitas das pessoas, inclusive, optam em permanecer solteiras, e constroem a nova vida dentro dessas possibilidades. Logicamente, não são todas que conseguem encarar este recomeço de forma tão expressiva, mas a tranquilidade emocional é um fator que influencia (e muito) esta nova realidade.

Summary
Divórcio após os 60 anos: fim ou recomeço?
Article Name
Divórcio após os 60 anos: fim ou recomeço?
Description
Dados do IBGE apontam que a separação de casais com mais de sessenta anos vem aumentando. Os números não são tão recentes, mas na prática, profissionais ligados às pessoas idosas atualmente confirmam esta tendência.
Author
Publisher Name
Recanto das Hortênsias
Publisher Logo