× Fale Conosco

Solicite um orçamento sem compromisso!

Enviar via
Ou ligue para (41) 3677-1383
Se preferir, ligue para nós! Ligar agora!
Clique aqui para falar conosco!
×
× Envie-nos um E-mail




Covid19 impõe mudanças nas moradias para idosos

A pandemia mundial do vírus covid19 impôs uma dura mudança na rotina das moradias de idosos em países ao redor do mundo. Por terem como hóspedes moradores com idade acima de 60 anos, as moradias estão classificadas no grupo de risco.


Para proteger os idosos contra a infecção, ação em conjunta entre Ministério Público Estadual, Secretaria Municipal de Saúde e gestores das Instituições tem se mostrado eficiente na proteção dos idosos.

Na Moradia de Idosos Recanto das Hortênsias, que há mais de uma década atende idosos, as mudanças de entrada e atendimento foram realizadas para aumentar a proteção dos moradores foram implementadas.

Segundo o diretor Caio Medeiros, a rotina foi alterada. Agora os funcionários que chegam para trabalhar, passam por uma avaliação sintomática. Também é necessário que as roupas sejam trocadas e devem se dirigir ao local apropriado para desinfecção. “Além dos colaboradores passarem pela desinfecção, outras medidas foram adotadas. Todos os alimentos e mercadorias que entram na Casa passam pelo processo de desinfecção, atenção é redobrada em todos os sentidos”, afirmou Caio Medeiros.

Junto disso, os funcionários utilizam máscaras o tempo todo e álcool em gel passou a ser utilizado com mais frequência.

A Casa também deixou um local separado para casos de suspeita de contagio. “Se algum morador apresentar sintomas ou mesmo for diagnosticado pelo vírus, temos um local próprio isolado para atendimento” explicou Caio Medeiros.

Todo esse processo é supervisionado pela Secretaria Municipal de Saúde e Ministério Público, que seguem definindo e atualizando protocolos de atendimento.

As Moradias de Idosos foram uns dos primeiros segmentos a entrarem em isolamento e provavelmente serão um dos últimos a saírem. Tudo para preservar a saúde dos moradores.

Moradora passeia isolada, medida é necessária para garantir a segurança