× Fale Conosco

Solicite um orçamento sem compromisso!

Enviar via
Ou ligue para (41) 3677-1383
Se preferir, ligue para nós! Ligar agora!
Clique aqui para falar conosco!
×
× Envie-nos um E-mail




Convivência intergeracional: que benefícios ela traz a idosos e crianças

A convivência intergeracional é um tipo de atividade voltada à integração entre crianças e idosos, proporcionando benefícios que estabeleçam um vínculo maior entre as duas gerações. Essa iniciativa pode comprovadamente trazer diversos ganhos aos dois grupos, de acordo com um estudo promovido pela Generations United, em parceria com Eisner Foundation, uma empresa especializada na promoção de programas intergeracionais.

O resultado da pesquisa mostrou que, para a maioria das pessoas consultadas, as atividades conjuntas de crianças e idosos podem ajudar a reduzir o sentimento de solidão dos mais velhos e contribuir de maneira eficaz com a educação das crianças.

Nos Estados Unidos existem pelo menos 100 centros que promovem a interação entre crianças e idosos. Algumas dessas instituições são mistas – recebem os dois públicos – mas em outras, os avôs e avós são visitados apenas eventualmente pelos pequenos. Além dos Estados Unidos, países como Inglaterra e Holanda também já viram as vantagens desse espaço de convivência.

Várias aptidões podem ser desenvolvidas através dessa prática. Segundo um estudo realizado pela Universidade de Stanford, alguns exemplos são o fortalecimento do pensamento crítico, a facilidade em solucionar problemas, a conexão social e o estabelecimento de objetivos. Isso tudo, além de gerar importância ao comportamento e ideias dos mais velhos, reforça o sentimento de bem-estar dos jovens.

Laura Carstensen, coordenadora do estudo da universidade, explica que a convivência intergeracional também impacta positivamente na saúde dos idosos. “Os idosos, por outro lado, quando estacionam suas enfermidades e se sentam com as crianças para brincar ou ensinar, com infinita paciência, esta ou aquela habilidade, eles veem seu sentimento de solidão diminuir e experimentar níveis mais baixos de ansiedade e melhorias em sua saúde”.

O valor do cabelo grisalho

A pesquisa de Laura reforça algo que é nítido, porém não é percebido ou reconhecido pela sociedade: a capacidade dos mais velhos de continuarem a colaborar ativamente para a evolução das questões sociais. Seja pela tempo de vida, seja pela percepção das limitações impostas pela idade, os idosos conseguem transmitir todas as experiências vividas para as crianças, o que acaba por ajudá-las a desenvolver sentimentos importantes para o desenvolvimento pessoal, como empatia, resiliência, capacidade de se colocar no lugar do próximo, e também, construírem traços de personalidade voltados a buscar a estabilidade e o bem estar em sociedade.

“Eles (os idosos) são excelentes candidatos para servir como facilitadores para os diferentes membros de um grupo, para que possam ver a imagem de uma perspectiva mais ampla”, diz Carstensen.

Fonte: https://www.semprefamilia.com.br/

Summary
Convivência intergeracional: que benefícios ela traz a idosos e crianças
Article Name
Convivência intergeracional: que benefícios ela traz a idosos e crianças
Description
As atividades conjuntas de crianças e idosos podem ajudar a reduzir o sentimento de solidão dos mais velhos e contribuir de maneira eficaz com a educação das crianças.
Author
Publisher Name
Recanto das Hortênsias
Publisher Logo